Como tratar a perda de volume na região íntima

 Publicado por: Sullege Suzuki

Cada vez mais, as mulheres têm se preocupado com a saúde e estética da região íntima. Para que se sintam bem com seu corpo, existem procedimentos que podem trazer satisfação.

As alterações nessa área surgem, principalmente, com a menopausa por conta da perda de estrogênio. A perda de volume é uma das queixas recorrentes, apesar de se tratar apenas de uma variação anatômica e não de anormalidade.

Essa situação pode ser tratada de algumas formas:

· Preenchimento: com enxerto de gordura, geralmente, da região abdominal (definitivo) ou com ácido hialurônico (efeito temporário). Em ambos os procedimentos, o pós-operatório é tranquilo;

· Bioestimulação: é uma técnica com aplicação de precursores do Colágeno. A bioestimulação faz uma produção de colágeno levando a maior firmeza e, como consequência, melhora a flacidez da área tratada;

· Radiofrequência: é uma tecnologia que promove o aquecimento do tecido a ser tratado, induzindo o aumento da circulação, melhor oxigenação e estimula a formação do colágeno, fazendo com que a região fique mais firme.

Para realizar os procedimentos é preciso que o paciente esteja livre de dermatoses locais ou infecções virais como herpes e HPV. Gestantes também devem evitar.

Se você sente um incômodo em relação à sua região íntima e deseja melhorar seu aspecto, entre em contato com o Espaço Sullege Suzuki e agende a sua avaliação.

Agende sua consulta

    Espaço Sullege Suzuki | 2018. © Todos os direitos resevados
    Desenvolvido por Link9 & MedConsulting